10.2.10

37 ANOS. 1º GP BRASIL OFICIAL de F1–11/02/73



37 ANOS PASSADOS
Após a realização do GP extra oficial de 1.972, em 11 de fevereiro de 1.973, o Brasil
passou a integrar o calendário oficial da Fórmula 1.
Pilotos e chefes de equipe elogiavam o Circuito de Interlagos, e o público, estimado em mais de 100.000 pessoas compareceu de todos lugares do Brasil, acampando e passando dias no autódromo.
video

IMPRENSA
A Revista Veja nas edições de fevereiro, e a cobertura do GP.


A ESTRUTURA


OS PILOTOS
Ao lado dos estrangeiros, José Carlos Pace, Émerson e Wilsinho Fittipaldi
e Luizinho Pereira Bueno, alinhavam pela 2ª vez em Interlagos.

Émerson, Pace e Wilsinho contratados,
Luizinho competindo com um carro alugado por U$$ 50 mil...


BASTIDORES


CHEFES de EQUIPE "MECÂNICOS"


A FESTA


ADMIRADORES do AUTOMOBILISMO



DIAS no AUTÓDROMO


DEPOIMENTOS de ÉMERSON e MASSA
Émerson Fittipaldi em 1.973, já Campeão Mundial, e tendo vencido o 1º GP Brasil de Fórmula 1 sobre o Circuito de Interlagos Antigo, e de Felipe Massa em 2.010
ao Jornalista da Folha de São Paulo, Fábio Seixas no “Pit Stpo #133” em seu site na Internet. Para ver a íntegra do programa Clique Aqui .
video

TEXTO de FRANCISCO LAMEIRÃO e LUIZINHO PEREIRA BUENO
O traçado da pista do autódromo paulistano era magnífico sob todos os pontos de vista, elogiado em todo o mundo. Com seus quase oito quilômetros, era desafiante em inúmeros pontos. Suas curvas de vários tipos, de alta e de baixa velocidade, certamente contribuíram em muito para a formação do piloto brasileiro, notadamente Emerson Fittipaldi e Nelson Piquet em seus anos de formação.
Pode-se creditar ao Interlagos antigo o sucesso dos pilotos brasileiros no exterior, não apenas o desses dois que acabaram conquistando o título mundial de Fórmula 1, trazendo-o para casa nada menos que cinco vezes, mas de todos os que correram na Europa, sempre com sucesso.
Como diz o grande ex-piloto Bird Clemente, "piloto brasileiro hoje é uma grife".

29.1.10

ANIVERSÁRIO 70 ANOS

Interlagos está comemorando 70 anos de sua inauguração.
No site do autódromo, um link para os 70 ANOS de HISTÓRIA.

O amigo Ricardo, enviou foto do bolo de aniversário de 1 ano de seu Filho.

16.3.09

1.958


REFORMA
Desde a grande reforma de Interlagos terminada no final de 1989, na gestão da prefeita Luiza Erundina, em que a pista foi literalmente mutilada, a comunidade automobilística não pára de lamentar a decisão.
O traçado da pista do autódromo paulistano era magnífico sob todos os pontos de vista, elogiado em todo o mundo. Com seus quase oito quilômetros, era desafiante em inúmeros pontos. Suas curvas de vários tipos, de alta e de baixa velocidade, certamente contribuíram em muito para a formação do piloto brasileiro, notadamente Emerson Fittipaldi e Nelson Piquet em seus anos de formação.
Pode-se creditar ao Interlagos antigo o sucesso dos pilotos brasileiros no exterior, não apenas o desses dois que acabaram conquistando o título mundial de Fórmula 1, trazendo-o para casa nada menos que cinco vezes, mas de todos os que correram na Europa, sempre com sucesso.

Como diz o grande ex-piloto Bird Clemente, "piloto brasileiro hoje é uma grife".

2.009


PORQUE FICOU MENOR
A pista foi drasticamente reduzida, de 7.960 M para 4.309 M . Até aí compreensível, graças ao desempenho fantástico da Fórmula 1 e normas de segurança.
O que ninguém esperava era a redução da pista siguinificar abandono completo da original, ao contrário do que fora feito no Circuito de Nürburgring, na Alemanha em que foi construído um menor, de 4,5 km para a Fórmula 1, porém mantendo intacto o anterior de 22,8 M, 189 curvas.
Interlagos reformado, imaginava quem vivia em torno do automobilismo, significaria ter sido mantido o antigo, com seu miolo e anel externo, mais um novo e curto traçado que atendesse às necessidades da Fórmula 1 moderna.
Quando se soube que o traçado antigo seria abandonado para sempre, houve grande decepção. Entretanto, a luta para que isso não fosse feito foi pequena e muitos pilotos e pessoas envolvidas com o automobilismo até hoje se arrependem disso.
O Desejo do Brasil, que se tornou referência mundial na Fórmula 1, títulos, vitórias, mitos eternos, nos fazem repensar a trajetória.

DE VOLTA



RETORNO
O retorno de Interlagos à plenitude é um anseio de todos que militam no automobilismo e até daqueles que já não pilotam mais.
Estudos demonstram ser viável reativar o traçado antigo, sem nenhuma interferência com o atual de Fórmula 1, uma vez que praticamente tudo do original continua a existir, estando apenas desativado.
O único ponto do circuito antigo que exigirá mais trabalho será a Curva do Sargento, uma vez que ali foi construída uma quadra poliesportiva na gestão Marta Suplicy (sem uso atualmente). Mas não é nada que não possa ser resolvido.
Restabelecido o circuito original, poderão ali ser realizadas as famosas provas de longa duração, com toda a sua grandiosidade e espetáculo, hoje eclipsados pela pista de apenas 4,5 km de extensão que, inclusive, limita bastante o número de carros na largada.
O "Super Interlagos" representará a reafirmação da excelência e da supremacia de São Paulo como o maior centro de automobilismo do Hemisfério Sul.
Será possível, na mesma área, dispor-se de três circuitos em vez do único atual, com várias opções de traçado a saber:
FÓRMULA 1
ANEL de VELOCIDADE
CIRCUITO ANTIGO

COMO FAZER


O traçado original se encontra 90% inteiro, bastando recapear e inserir itens de segurança.

Como alterar a junção, para diminuir o efeito da força G.

Poucas alterações seriam necessárias.

Para transformar Interlagos novamente em um verdadeiro circuito com várias opções.

PARTICIPE

REFORMA
Desde a grande reforma de Interlagos terminada no final de 1989, na gestão da prefeita Luiza Erundina, em que a pista foi literalmente mutilada, a comunidade automobilística não pára de lamentar a decisão.
O traçado da pista do autódromo paulistano era magnífico sob todos os pontos de vista, elogiado em todo o mundo. Com seus quase oito quilômetros, era desafiante em inúmeros pontos. Suas curvas de vários tipos, de alta e de baixa velocidade, certamente contribuíram em muito para a formação do piloto brasileiro, notadamente Emerson Fittipaldi e Nelson Piquet em seus anos de formação.
Pode-se creditar ao Interlagos antigo o sucesso dos pilotos brasileiros no exterior, não apenas o desses dois que acabaram conquistando o título mundial de Fórmula 1, trazendo-o para casa nada menos que cinco vezes, mas de todos os que correram na Europa, sempre com sucesso.

Como diz o grande ex-piloto Bird Clemente, "piloto brasileiro hoje é uma grife".


PORQUE FICOU MENOR
A pista foi drasticamente reduzida, de 7.960 M para 4.309 M . Até aí compreensível, graças ao desempenho fantástico da Fórmula 1 e normas de segurança.
O que ninguém esperava era a redução da pista siguinificar abandono completo da original, ao contrário do que fora feito no Circuito de Nürburgring, na Alemanha em que foi construído um menor, de 4,5 km para a Fórmula 1, porém mantendo intacto o anterior de 22,8 M, 189 curvas.
Interlagos reformado, imaginava quem vivia em torno do automobilismo, significaria ter sido mantido o antigo, com seu miolo e anel externo, mais um novo e curto traçado que atendesse às necessidades da Fórmula 1 moderna.
Quando se soube que o traçado antigo seria abandonado para sempre, houve grande decepção. Entretanto, a luta para que isso não fosse feito foi pequena e muitos pilotos e pessoas envolvidas com o automobilismo até hoje se arrependem disso.
O Desejo do Brasil, que se tornou referência mundial na Fórmula 1, títulos, vitórias, mitos eternos, nos fazem repensar a trajetória.


RETORNO
O retorno de Interlagos à plenitude é um anseio de todos que militam no automobilismo e até daqueles que já não pilotam mais.
Estudos demonstram ser viável reativar o traçado antigo, sem nenhuma interferência com o atual de Fórmula 1, uma vez que praticamente tudo do original continua a existir, estando apenas desativado.
O único ponto do circuito antigo que exigirá mais trabalho será a Curva do Sargento, uma vez que ali foi construída uma quadra poliesportiva na gestão Marta Suplicy (sem uso atualmente). Mas não é nada que não possa ser resolvido.
Restabelecido o circuito original, poderão ali ser realizadas as famosas provas de longa duração, com toda a sua grandiosidade e espetáculo, hoje eclipsados pela pista de apenas 4,5 km de extensão que, inclusive, limita bastante o número de carros na largada.
O "Super Interlagos" representará a reafirmação da excelência e da supremacia de São Paulo como o maior centro de automobilismo do Hemisfério Sul.
Será possível, na mesma área, dispor-se de três circuitos em vez do único atual, com várias opções de traçado a saber:
FÓRMULA 1
ANEL de VELOCIDADE
CIRCUITO ANTIGO